Tratamentos

Periodontia

Periodontia

É a especialidade que visa cuidar dos tecidos de revestimento e suporte dos dentes (gengiva, ligamento periodontal, cemento e osso alveolar), pois esses tecidos estão sujeitos às variações morfológicas e funcionais. A principal função do periodonto é apoiar os dentes e suportar as forças mastigatórias.

A doença periodontal, inicialmente, é uma resposta inflamatória gengival frente às agressões bacterianas presentes na placa dentária acumuladas em maior quantidade na margem gengival. Sendo a placa dental um biofilme espesso, constituído basicamente por bactérias que se desenvolvem em meio aos resíduos alimentares e componentes salivares.

A primeira manifestação da doença periodontal é a gengivite, caracterizada por sangramento localizado ou generalizado e aumento de volume tecidual. Se não tratada precocemente, pode evoluir para periodontite. A alteração clínica desta fase é a perda do osso alveolar e alteração da posição gengival. A doença periodontal grave afeta estruturas mais profundas causando infecção, reabsorção das fibras colágenas do ligamento periodontal, perda óssea alveolar, abscessos e mobilidade dentária e até a perda do mesmo. A evolução do dano também está vinculada a hábitos de higiene oral deficientes e suscetibilidade individual.

A atuação do especialista está associada a uma análise da saúde geral do paciente, pois existem doenças sistêmicas como Diabetes, AIDS, Artrite Reumatóide e fatores adicionais como o fumo e estresse interligados a condição periodontal. Em seguida, o cirurgião-dentista é responsável pelo diagnóstico e terapêutica adequados, conscientizando o problema ao paciente, instrução de hábitos de higiene oral eficazes e sua motivação. As orientações e visitas periódicas são indispensáveis para a manutenção da terapia realizada, contribuindo para conservação das estruturas periodontais sadias.

A equipe Dr. Veit Leblon conta com especialistas focados na erradicação e controle da doença oferecendo produtos de higiene oral específicos, tendo como objetivo impedir a recidiva de destruição dos tecidos de suporte dentário pelas bactérias.